Valverde Hotel, Lisboa

on Nov 1, 2014 in Embarque Imediato | No Comments

O nome é uma homenagem ao rio que, noutros tempos, rasgava a Avenida da Liberdade. O novíssimo Valverde Hotel convida a viajar por uma Lisboa antiga, agora reinterpretada.

Hotel Valverde

Já foi uma horta regada pelo rio Valverde, no século XII, e Passeio Público, a mais nobre das ruas do país, no século XVIII. É em homenagem a esta Lisboa desaparecida que foi criado o Valverde Hotel, trazendo de volta o luxo vivido noutras eras.

A recuperação do edifício transformou-o numa casa ampliada e de ambiente intimista, de tons cinzentos e vermelhos. Começando pela entrada de tectos altos e continuando no piso térreo, para além do restaurante e do pátio exterior, há uma sala de leitura e de cinema que passa filmes para os hóspedes. Os 25 quartos e duas suítes que ocupam os seis pisos têm decoração diferenciada, misturando móveis antigos com objetos escolhidos a dedo e alguns adquiridos em leilão. Uma das grandes vantagens da traça do edifício é que permite que todos os quartos mini e clássicos tenham varanda virada para o pátio do hotel e que os deluxe, júnior e suítes tenham vista para a calçada desenhada da avenida.

A suíte Valverde é a joia da coroa: espaçosa e com um óculo gigante de vidro de onde se pode ficar a ver a luz sobre os telhados lisboetas. Os mimos são uma constante: desde os perfumes e loções, tudo é pensado ao pormenor para oferecer o serviço mais personalizado possível. Todos os quartos têm as comodidades imprescindíveis para quem está de passagem ou para quem veio para ficar uns dias: televisão LCD, ar condicionado, wi-fi gratuito e serviço de quartos 24 horas por dia fazem parte de uma longa lista.

Todo o espírito descontraído e confortável se reflete até na farda da equipa. Foi especialmente desenhada pelo diretor executivo da Lacoste, o português Filipe Oliveira Baptista. Porque a diferença está nos pormenores, fugiu-se a um padrão mais clássico que pouco tem a ver com o ambiente urbano e prático, sendo a experiência personalizada levada muito a sério. Para além da possibilidade de fazer visitas com uma guia turística, existe a opção de “Hotel a Bordo”, podendo passar a noite num barco à vela privado e usufruir do serviço de catering. Se preferir ficar em terra, pode deslocar-se no cabriolet vintage do hotel. Outros serviços dividem-se entre massagens nos quartos, um fitness center e a piscina exterior com água aquecida e jatos.

Aberto a todos os amantes de boa cozinha está o restaurante do hotel, o Sítio. Restaurante e bar estão virados para o pátio e a oferta varia entre menus clássicos e as sugestões diárias do chefe. A música de fundo é escolhida a dedo, o mobiliário é vintage e mistura-se com os pormenores contemporâneos. Seguindo para o pátio, a piscina e a vegetação que esconde cadeiras e mesas são cenários ideais para prolongar o almoço e ficar para o “Chá e Champanhe”, entre as 17h e as 19h.

Protegido pelas árvores de uma das avenidas mais movimentadas de Lisboa, o Valverde Hotel é grande em charme e cheio de surpresas.

Avenida da Liberdade, 164 /// +351 21 094 0300 /// www.valverdehotel.com /// www.facebook.com/hotelvalverde /// €170 – €400

por Marta Baptista

Leave a Reply

Arquivos

web design & development 262media.com

A UP Magazine colocou cookies no seu computador para ajudar a melhorar este site. Pode alterar as suas definições de cookies a qualquer altura. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.