Flexcraft + Internet da mobilidade

on Jan 1, 2020 in Aterragem | No Comments

Electrificação da propulsão, materiais compósitos, sistemas autónomos e integração digital são chuva tecnológica. A esta convergência tecnológica junta-se a necessidade de responder aos desafios planetários da sustentabilidade, criando as condições para tornar reais as vantagens de uma aeronave modular e flexível. Eis então o Flexcart (Flexible Aircraft), projecto português com participação brasileira.

A ONU prevê uma concentração de 70% da população mundial em cidades em 2050. Este movimento humano esvazia os interiores. Noutras zonas do mundo, o investimento em infra-estruturas de transportes atrasa o desenvolvimento. Tudo isto com o pano de fundo do desafio climático. Se uma das chaves para enfrentar estes desafios é a colaboração, torna-se claro que a capacidade de mover informação, pessoas e bens fará parte da solução também. Colaboramos melhor quanto mais interagimos. No mundo físico os vários meios de transporte são os equivalentes dos pacotes nos tubos digitais da internet. Mas hoje a metáfora é incompleta, na internet tudo flui sem entraves, sistemas invisíveis interagem automaticamente, de forma transparente para o utilizador. É para completar a metáfora que um consórcio português pôs a mão à obra, um primeiro passo em direcção à internet das coisas que voam, a internet da mobilidade. A ideia inicialmente incubada no projecto newFACE encontrou no Flexcraft o seu primeiro abrir de asas.

O Flexcraft é uma aeronave modular, hibrida-eléctrica, flexível, capaz de transportar “pacotes” com pessoas, bens, serviços ou sistemas especializados. Na realidade, é a peça mais visível de um ecossistema pensado a partir da separação de um módulo voador e um conjunto de diferentes fuselagens. Esta abordagem permite ganhar tempo de operação no solo e amplificar a sua capacidade de intermodalidade. Afinal, a “internet” chega ao computador mas também à TV e ao telefone. O futuro é abraçar e não segregar.

Num mundo focado cada vez mais na mobilidade urbana aérea, o Flexcraft dirige-se em complementaridade para o espaço entre as cidades e o mundo além destas. É uma ideia a observar, que precisará de uma ampla rede de colaboração para se tornar realidade e contribuir para a internet da mobilidade.

flexcraft.pt

 

por Ricardo Reis

Arquivos

O futuro

“A história não se repete, mas rima”, disse (talvez) Mark Twain. O Flexcart é fruto da colaboração de empresas (SETsa, Almadesign, Embraer Portugal e Embraer), o tecido técnico-científico (INEGI e IST) e o programa de apoios Portugal 2020. Estes parceiros projetam já o próximo passo, alargando a sua rede de colaboração dentro e fora de fronteiras.

Ao vivo

A 28 de Janeiro o Instituto Superior Técnico, em Lisboa, abrirá as portas para o evento de divulgação nacional do Flexcraft. Oportunidade para experimentar em pessoa uma visão do futuro construída em português.

Flexcraft

400 km/h /// velocidade

7 /// passageiros

1000 km /// alcance

web design & development 262media.com

A UP Magazine colocou cookies no seu computador para ajudar a melhorar este site. Pode alterar as suas definições de cookies a qualquer altura. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.