Check list de Niamh Cunneen

on Sep 3, 2019 in Embarque Imediato | No Comments

Fisioterapeuta

Há uns anos esta irlandesa tirou um ano para viajar pela América Central e do Sul, depois Sudeste Asiático e Índia. “Foi maravilhoso!” Conheceu o namorado israelita na Colômbia e, desde essa altura, tentam viajar o mais que podem. Agora planeiam conhecer o Quirguistão, Tajiquistão, Uzbequistão, a China, e voltar à Índia: “O que adoro nas viagens é a sensação de que tudo vai ser completamente diferente do que já vi.” Vive em Telavive. “Uma coisa que aprendi é que não interessa onde vás, as pessoas e a família são as mesmas!”

::

A sua Irlanda

Tem um ritual antes de viajar que é ir ao Butlers Chocolate Café no aeroporto de Dublin. “As minhas férias começam sentada com o meu skinny cappuccino.” E por muito que viaje, regressa sempre à sua Irlanda, a Kilkee, Country Clare, província de Munster, onde vai todos os verões desde os dois meses: “Para crianças e adolescentes, não havia melhor. Explorar um novo lugar para nadar durante o dia e meter-me em todo o tipo de sarilhos à noite. É curioso, quando olho para trás recordo um tempo quente, as memórias somos nós na praia e um sol ardente, por ser uma criança irlandesa, não sabia que não era norma brincar na praia com capa para a chuva.” Elege o Diamond Rocks Café, também em Kilkee, porque tem uma vista “de tirar a respiração para o Atlântico selvagem e é o lugar perfeito para um café e um scone depois de uma caminhada nas falésias”. Para almoçar é no Pantry, porque tem todos os clássicos irlandeses: “Se o sol brilhar, agarre um lugar cá fora e veja o mundo passar.”

Irlanda \\\ butlerschocolates.com \\\ diamondrockscafe.com \\\ pantrykilkee.ie

::

Mais alto

“Amo absolutamente fazer hiking e caminhadas, é a única forma de conhecer um país. Deixar a cidade para trás, encontrar uma montanha simpática, caminhar pelos penhascos ou, se tiver sorte, por um vulcão que consiga escalar e simplesmente observar a beleza crua da paisagem.” Elege Machu Picchu, no Peru: “É fenomenal! Há tanto tempo longe da civilização, empoleirado no meio de uma selva louca. Normalmente, não adoro monumentos ou lugares históricos, esta é a minha exceção.” E a ilha Omatepe (imagem), escondida no lago Cocibolca, na Nicarágua, formada por dois vulcões, um adormecido e o outro ativo, “definitivamente o lugar mais cool que já visitei”. Fez hiking no vulcão adormecido e deu um pequeno mergulho no lago turvo que se forma na cratera. “E podes chegar bem perto do vulcão ativo. É um lugar majestoso!”

Peru \\\ machupicchu.gob.pe

Nicarágua \\\ visitnicaragua.us

::

Sentir-se em casa

Não tem hotéis favoritos, “mas os hostéis no Peru são incríveis! Ao contrário do que as pessoas possam pensar, são muito agradáveis. E o que os torna especiais é o seu cenário social. Todos organizam eventos e festas todos os dias e é isso o backpacking, conhecer pessoas ao acaso e having the craic! [expressão irlandesa para bom ambiente]”. Refere a cadeia Wild Rover. Depois, na Escócia adora a arquitetura de Edimburgo, feita de edifícios “antigos e charmosos, especialmente o castelo que observa a cidade”. Estudou lá dois anos e “é linda para viver”. Recomenda jantar no King’s Wark, junto ao mar, para uma experiência escocesa tradicional, e a Mimi’s Bakehouse para “indulge your sweet tooth quando a chuva escocesa te apanhar inevitavelmente”.

Peru \\\ wildroverhostels.com

Edimburgo \\\ kingswark.co.uk \\\ mimisbakehouse.com

::

A melhor comida

A comida em Israel é a sua “favorita absoluta! Por onde começar? Shakshuka, falafel, e depois há os treats de tahini como halva e bamba! Eles inventam combinações estranhas que funcionam maravilhosamente como o tahini em muesli de fruta ou a bamba halva congelada”. Aconselha o Dr Shakshuka (imagem), “um must” em Telavive, e o Humus City, em Ramat Gan, que tem um hummus excelente e autêntico, “servido com um sorriso”. Os melhores pubs do mundo estão, naturalmente, na Irlanda, em Dingle ou em Limerick. Aqui, no coração do bairro medieval, há as Treaty City Brewery Tours, “uma experiência única e autêntica que presta homenagem à arte cervejeira”, uma oportunidade para “conversar com os simpáticos cervejeiros, aprender o processo e provar as suas fabulosas cervejas”.

Israel \\\ doctorshakshuka.rest.co.il

Irlanda \\\ treatycitybrewery.ie

::

Música essencial

Há uns anos, atravessou o Mar da Irlanda para ver os Coldplay no Etihad Stadium, em Manchester, e “continua a ser o melhor concerto a que alguma vez fui”. Também viu Elton John na sua residência em Las Vegas, há cerca de dez anos, “uma experiência de uma vez na vida”. O músico está a fazer a digressão Farewell Yellow Brick Road, que está a atravessar os EUA (este mês em San Francisco a 13 e 15, Boston a 15, Long Island a 16) e o Canadá (22 e 23 de Outubro em Toronto). Niam, nas suas viagens, passou por uma “séria obsessão” pelos alemães Milky Chance, há uns anos, e agora que planeia uma nova viagem, “vou tocar o álbum em repeat outra vez, para desânimo dos que me rodeiam!”

Manchester \\\ mancity.com

San Francisco \\\ eltonjohn.com

::

Os primeiros raios

Ver o sol nascer é do que mais gosta. Recentemente subiu à montanha Masada, no extremo ocidental do deserto da Judeia, “foi de tirar a respiração ver o sol nascer do Mar Morto, uma experiência mesmo especial”. Outro momento inesquecível foi subir o Monte Batur no Bali, há uns anos, com um amigo que encontrou por acaso. “Foi a primeira vez que vi aquele nascer do sol asiático vermelho e deslumbrante, um banquete para os olhos.” E também nunca esquecerá “estar sentada acima das nuvens à espera que o sol chegasse” sobre o lago San Pedro, na Guatemala. “Foi espetacular”.

::

Porto Design Biennale

Entre o Porto e Matosinhos, de 19 de setembro a 8 de dezembro, acontece a Porto Design Biennale – Post Millennium Tension, que vai pensar o design do futuro. Exposições, conferências e workshops observam e debatem esta era de grande mudança, iniciada pela tecnologia e pelos novos processos de trabalho da geração millennial, enquanto reflete sobre o design como disciplina e as pontes que o ligam à sociedade, à indústria e ao ensino, sob o olho vigilante do professor e investigador José Bártolo, o curador principal. Nesta primeira edição, o país convidado será a Itália.

portodesignbiennale.pt

 

por Patrícia Barnabé

Arquivos

web design & development 262media.com

A UP Magazine colocou cookies no seu computador para ajudar a melhorar este site. Pode alterar as suas definições de cookies a qualquer altura. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.