Casas Caiadas, Sabugueiro

on Sep 3, 2019 in Embarque Imediato | No Comments

Três casas alentejanas onde desligar é o principal objetivo.

Aqui marca-se o ritmo do Alentejo. Os pássaros chilreiam e há um cenário composto por oliveiras, freixos e por uma ribeira. Uma envolvente que passa para o interior destas antigas ruínas transformadas num verdadeiro retiro. “O objetivo é que as pessoas entrem num mundo mais slowed down e que mergulhem num conceito muito ligado à natureza e à autenticidade da terra e do local”, explica Mário Domingues que, com Paula Cabrito, é o responsável por este boutique-hotel. O projeto foi orientado, numa fase inicial, para a vida pessoal de ambos, mas resultou em três casas com características diferentes, a uma hora de Lisboa e a poucos minutos de Arraiolos. Em duas delas encontram-se os quartos: três numa, e na outra, toda em pedra, uma suíte. O trio que pode ser arrendado em exclusivo até dez pessoas completa-se pela casa social, onde funciona o forno de lenha, a cozinha e a sala de estar. É a “casa de confraternização”, instalada num antigo moinho de água requalificado pelo arquiteto Luís Pereira Miguel, que, nesta e nas outras áreas, manteve a traça alentejana original. Além da arquitetura, aposta-se no design inspirado nesta região do sul do país, com alguma contemporaneidade, cruzada com mobiliário antigo restaurado. O designer local João Bruno, por exemplo, trabalha a lã de Arraiolos de diferentes formas e é o autor dos pufes e das cadeiras presentes na sala de estar. As tonalidades dos materiais naturais (como também a cortiça nos candeeiros) ajudam a criar o ambiente que traduz a envolvente trazida de fora para dentro.

A casa comum, reconhecida como Most Tasteful Renovation no Travel Top 50 da revista Monocle, é o único espaço com wi-fi. Uma circunstância que revela a importância de entrar em modo offline nos tempos que correm. “Acreditamos que as Casas Caiadas são um retiro”, diz Mário, que valoriza a ligação à terra. E há tanto por explorar nos arredores, seja a caminhar, a andar de bicicleta ou a provar os pratos e os vinhos da região, tranquilamente. À noite, no regresso dessas atividades, o céu repleta-se de estrelas. “Como é um lugar isolado, permite condições de visibilidade excecionais.” Menos é mais.

Moinho do Barroco, Sabugueiro \\\ fb.com/casascaiadas \\\ €160 – €210

 

por Manuel Simões

Arquivos

web design & development 262media.com

A UP Magazine colocou cookies no seu computador para ajudar a melhorar este site. Pode alterar as suas definições de cookies a qualquer altura. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.