24 Horas em Lisboa

on Apr 1, 2012 in Embarque Imediato | No Comments

Através do seu pseudónimo, “a arqueolojista”, Mami Pereira passeia-nos, no presente, pela capital do passado. Oito descobertas com sabor a tempo numa Lisboa em permanente mudança.

 

 

Nasceu em Lisboa em 1983. Tirou Comunicação Cultural e a seguir História de Arte. Jornalista, blogger e fotógrafa, foi editora da Le Cool Lisboa e escreve sobre a cidade para os guias Lisboa ConVida. Não é raro apanhá-la a beber galões e a comer palmiers pelos cafés do Chiado, mas o que mais gosta de fazer é descobrir e fotografar lojas antigas e ficar horas na conversa com os velhotes. Apaixonada pelos clássicos, criou em 2011 um projeto chamado A Arqueolojista, através do qual vai de loja em loja em busca de velhos tesouros. Apesar de 100% “egológico”, quem brilha no seu site são as lojas tradicionais… e ainda bem!

 

www.arqueolojista.com

 

por Manuel Simões

 

 

Rainha ao pequeno-almoço

“A panificação Mecânica é quase de certeza a mais bonita de Lisboa. Aqui toma-se um pequeno-almoço temperado com Arte Nova, desde 1944. Os azulejos são do Bordalo Pinheiro, os candeeiros uma riqueza, as carcaças da casa e a decoração, uma beleza!”

Panificação Mecânica
Rua Silva Carvalho, 209
+351 21 381 2260

 

Jornal debaixo do braço

“No tempo em que Rossio se escrevia com C, ou seja, antes de 1894, os senhores de bigode e cartola vinham aqui comprar os puros, ler as gordas dos jornais e ver as senhoras a subir para o elétrico. A tabacaria tornou-se num autêntico museu sob um céu azul com andorinhas. Há mil segredos a descobrir.”

Tabacaria Mónaco
Praça D. Pedro IV, 21
+351 21 346 8191

 

Semear é preciso

“Antes de embarcar na Arca e depois de uma visita ao Zoo, Noé veio ao hortelão comprar os jardins e as hortas em saquinhos. E desde 1935 que nós, os verdes portugueses, fazemos igual. Este mês, o almanaque Borda d’Água manda semear bocas-de-lobo e nabiças.”

Soares & Rebelo
Rua do Amparo, 2
+351 21 880 6040

 

Lombos e vinho verde

“Reza a lenda que o bacalhau daqui é bom e as iscas também, o problema é que com estes lombinhos com batatas fritas nunca se consegue experimentar mais nada. Não há café, mas o vinho verde é um pecado. E se quiser comer o arroz doce a meias, peça dois.”

Adega dos Lombinhos
Rua dos Douradores, 52
+351 21 887 8028

 

 

Quem tem falta de chá… bebe café!

“Desde 1933 que esta antiga casa é visitada por avós e netos com olhar guloso e vontade de encher as algibeiras com bombons, rebuçados e chazinhos. Como as crianças não devem beber café, são sobretudo as avós que levam alguns lotes para guardar nos velhos armários onde abundam os leques e as porcelanas.”

Casa Pereira da Conceição
Rua Augusta, 102
+351 21 342 3000

 

O tempo a brincar

“Em vez de hortaliças, há loiças, e em vez de detergentes, presentes. Há brinquedos antigos para miúdos crescidos, tesouros escondidos, peças para colecionar. Uma loja que se esqueceu de que era uma mercearia e preferiu ser um antiquário.”

Memórias do Tempo
Calçada do Combro, 63
+351 21 342 3553

 

Rezar por mais

“A ginjinha é uma espécie de água benta dos alfacinhas, ajudando a esquecer, em suaves golinhos, todos os problemas. É por isso que esta casa centenária (1890) abre mais cedo do que a Igreja vizinha. Comunga-se ao balcão, pedindo “com ou sem elas (as ginjas)”, começa-se a brindar e bebe-se até a reza resultar.”

Ginjinha sem Rival
Rua das Portas de Santo Antão, 7
+351 21 346 8231

 

 

Mudam-se os tempos…

“A Paródia é um bar do tempo em que os beijos na boca se pediam com jeitinho. Hoje, num ambiente boémio, sob o olhar das deusas do cinema mudo em cartaz, comem-se tostas de paio e de porco preto ou degustam-se ardentes cocktails, soltando anéis de fumo em forma de coração.”

Bar A Paródia
Rua do Patrocínio, 26
+351 21 396 4724
www.aparodia.com

Arquivos

Cinco lojas para colecionar cheiros

1 - A Carioca

O cheiro bom da manhã com café em grão ou moído na hora.

Rua da Misericórdia, 9
+351 21 342 0377

 

2 - Antiga Casa do Bacalhau

Eis o perfume a bacalhau – o cheiro a mar e às Descobertas.

Praça da Figueira, 2B
+351 21 342 6256

 

3 - Loja das Colecções

Livros antigos, velhas fotografias e cartas de amor. O cheiro do passado.

Rua da Misericórdia, 147
+351 21 346 3057

 

4 - Ervanária Rosil

Aqui cheira bem e a saúde com o aroma a ervas medicinais.

Rua da Madalena, 210
+351 21 887 2097
www.ervanariarosil.pt

 

5 - Drogaria Oriental

Mistura de perfumes com quase tudo o que se queira comprar. Cheira a nostalgia.

Rua dos Fanqueiros, 238
+351 21 887 3869
drogaria-oriental.blogspot.com

web design & development 262media.com

A UP Magazine colocou cookies no seu computador para ajudar a melhorar este site. Pode alterar as suas definições de cookies a qualquer altura. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.