24 Horas em Lisboa

on Mar 1, 2012 in Embarque Imediato | No Comments

Este roteiro lisboeta desvenda o quotidiano do jornalista Miguel Braga. O real e o imaginário. Nele juntam-se bolos de chocolate, as ameias do castelo de São Jorge e alguns dos mais emblemáticos jardins da cidade. Como Lisboa é multicultural, não falta a Mouraria, mas também os bons enchidos e queijos nacionais. Tudo bem regado.

 

 

Por causa da série norte-americana As Teias da Lei, Miguel Braga foi para Direito. Nas salas de aula da Universidade de Lisboa, rapidamente percebeu que a lei norte-americana que o encantava no pequeno ecrã não tinha nada a ver com a portuguesa. No segundo ano de curso foi estagiar para o semanário O Independente e abraçou o jornalismo a tempo inteiro. A revista Caderno 3 e a secção de sociedade davam-lhe que fazer. “O espírito que havia naquele jornal era diferente, não há nada que seja comparável.” Seguiu para a TVI, outro projeto desafiante, onde integrou a equipa do Jornal Nacional. A última aventura do jornalista chama-se Buenos Aires Filmes. É desta sua produtora o programa Conversa dos Outros, que aborda os bairros de Lisboa mostrando as gentes que lá habitam e que por lá trabalham. Todos os domingos, às 19 h, na RTP2.

 

www.buenosairesfilmes.com

 

por Maria João Veloso

 

 

A voz de experiência

“Gosto da Confeitaria Nacional para tomar o pequeno-almoço. As torradas ficam mais saborosas acompanhadas de um abatanado. E recentemente o meu filho descobriu um bolo de chocolate redondo. Chama-se indiano. A grande vantagem de ter 183 anos de experiência é que nesta pastelaria secular é tudo bom.”

 

Confeitaria Nacional
Praça da Figueira, 18 B
+351 21 324 3000
confeitarianacional.com

 

Lisboa ajardinada

“Pelo caminho, dou um pulo ao Jardim da Estrela para andar a pé e fugir do bulício da cidade. Quem gostar de árvores pode ter aqui uma aula de botânica, porque todas elas estão legendadas e há espécies inacreditáveis. O Jardim Botânico de Lisboa também é lindo, tem recantos com vistas incríveis. O Jardim Tropical de Belém é outro dos meus preferidos. Até dá para fazer um piquenique às escondidas.”

 

Jardim da Estrela
jardimdaestrela.no.sapo.pt

Jardim Botânico
www.mnhnc.ul.pt

Jardim Tropical de Belém
www2.iict.pt/jbt

 

Ó tempo volta pra trás

“A digestão faz-se com uma caminhada até ao castelo de São Jorge. Para além da vista maravilhosa, gosto de imaginar o que aquilo foi noutras épocas da História de Portugal. Até os pavões são bem-educados. Não consigo passar 15 dias sem lá ir.”

 

Castelo de São Jorge
+351 21 880 0620
www.castelodesaojorge.pt

 

 

Não é só para inglês ver

“Vamos agora até à Calçada da Graça, mais concretamente até ao Bazar Drogaria, um espaço único. Nesta loja encontra recordações para turistas e não só. Lá dentro foram preservados os armários, gavetas, balança, potes e garrafões de vidro da antiga drogaria que se misturam harmoniosamente com inesperadas peças. Há bugigangas, candeeiros, fotografias, bordados, aventais, cadeiras e a linha Hardcore Fofo, que é o que chamo de turismo de intervenção.”
Bazar Drogaria
Calçada da Graça 10 A/B
+351 93 480 4184

 

A verdade da comida

“De seguida, subimos até ao Príncipe Real pela rua da Misericórdia e paramos para acenar à cidade no Jardim de São Pedro de Alcântara. O jantar acontece no Pedro e o Lobo. Começamos com uma margarita. Como é tudo bom, as entradas e as saídas, raramente repito pratos. Modéstia à parte, sou bom cozinheiro e não consigo reproduzir em casa os pratos que eles servem. É que o Diogo Noronha e o Nuno Bergonse fazem coisas realmente engraçadas com a cozinha tradicional portuguesa.”

 

Pedro e o Lobo
Rua do Salitre, 169
+351 21 193 3719
www.pedroeolobo.pt

 

 

Formosa Ásia

“Desçamos até ao Martim Moniz. Na rua do Benformoso, achamo-nos no Bangladesh. A agência de Viagens Galaxy Journey Travel e Tour de Rony Siddikur ocupa-se do regresso a casa dos emigrantes que trabalham por cá. Esta rua de agências de viagens asiáticas, intercaladas com lojas com cheiro a especiarias, vai desaguar no largo do Intendente, outrora uma zona proibida que passou a ser um espaço interessante. Se gostar de azulejos, não deixe de visitar a Fábrica Viúva Lamego, uma aula de azulejaria portuguesa.”

 

Viúva Lamego
Largo do Intendente, 25
+351 21 885 2408
www.viuvalamego.com

 

 

Arquivos

Cinco sítios para gulosos

1 - O melhor bolo de chocolate do mundo

Sugiro o de chocolate preto, para contrabalançar o doce do merengue.

www.omelhorbolodechocolatedomundo.com


2 - Pastelaria Versailles


É um café parado no tempo, com excelente pastelaria.

Avenida da República, 15
+351 21 354 6340
3 - O Careca

O melhor para croissants. O segredo está na massa e na cobertura de açúcar.

R Duarte P. Pereira, 11
+351 21 301 0987
4 - Nova Pombalina

As sanduíches de leitão são um dos grandes chamarizes.

Rua do Comércio, 2-4
+351 21 887 4360
5 - Pão de Canela

Tem um bom brunch e privilegia as leituras dos jornais do dia.

www.paodecanela.com

web design & development 262media.com

A UP Magazine colocou cookies no seu computador para ajudar a melhorar este site. Pode alterar as suas definições de cookies a qualquer altura. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.